Neymar nega ter escutado gritos racistas de torcedores do Espanyol
ESPORTES
04 de Janeiro de 2016

Ao falar pela primeira vez sobre os gritos de racismo da torcida do Espanyol durante o clássico contra o Barcelona, Neymar negou que tenha escutado as ofensas dentro de campo, no sábado.

“Não escutei os gritos. Não escuto as coisas fora do campo, só jogo futebol”, afirmou o brasileiro, em declaração ao Atresmedia ao sair do Hospital Vall d’Hebron, onde visitou crianças doentes.

 

No clássico catalão entre Barcelona e Espanyol, válido pela 18ª rodada do Campeonato Espanhol, alguns torcedores do Espanyol dispararam gritos racistas contra o brasileiro. O árbitro da partida, González González, não relatou nenhum incidente na súmula. O Barcelona pediu uma investigação do caso à Federação Espanhola, que promete avaliar as imagens das emissoras de TV que flagraram os insultos.

LEIA TAMBÉM
CONTATO COMERCIAL
(46) 3242-1495
(46) 98413-4946
comercial@radiochopinzinho.com.br
REDES SOCIAIS
PB Agência Web