Nesta segunda feira, dia 29, o município de Saudade do Iguaçu perdeu um de seus pioneiros. Comercindo Verona, 72 anos, morador na comunidade de Santa Rosa, foi encontrado morto após sair para fazer um trabalho no interior da propriedade.

De acordo com o genro Flávio Alécio, ele saiu por volta das 10 horas com uma motosserra para derrubar uma árvore há cerca de 300 metros da casa. Como estava demorando para retornar, a esposa procurou próximo da casa e não encontrou. Depois disso, ela pediu ajuda ao vizinho André Santos Michelon, o qual foi informado pela esposa de que lado ela havia ouvido o barulho da motosserra e onde ele poderia estar.

Ao procurar na região indicada, André encontrou Comercindo caído ao lado da motosserra e próximo da árvore que ele já havia derrubado. Imediatamente o jovem o chamou pelo nome e como ele não respondeu, o rapaz correu até a propriedade do vizinho Valmor Sangeletti, para pedir ajuda.

Na mesma hora ligaram para o Posto de Saúde em Saudade do Iguaçu, onde uma ambulância esteve no local, aonde foi constatado que já estava em óbito.

Inicialmente havia a desconfiança que ele poderia ter sido atingido pela árvore, porém, da forma como ele estava sentado ao chão, imagina-se que ele tenha passado mal, sentou no chão e largou o chapéu ao seu lado e não teve forças para pedir ajuda. Comercindo Verona já havia passado por um procedimento cirúrgico no coração há cerca de 2 anos e não podia fazer muito esforço.

Com a chegada da Criminalista, num levantamento inicial o perito também indicou que provavelmente a morte tenha sido causada por um problema de saúde, porém, a confirmação deverá ser feita com o laudo do IML que vai atestar a causa.

Comercindo Verona chegou em Saudade do Iguaçu em 1974, vindo com a família de Salto Veloso-SC e participou ativamente da emancipação do município, sendo vereador no primeiro mandato de Saudade do Iguaçu de 1993/1996.

O corpo foi encaminhado para o IML de Pato Branco, e o velório será no pavilhão da comunidade de Santa Rosa. O sepultamento acontecerá nesta terça feira no cemitério da comunidade.

Segundo familiares, Comercindo Verona havia completado 72 anos na última sexta feira, dia 26, e neste domingo, dia 28, reuniu a família e sua casa para comemorar.