Palmeiras culpa sua falta de eficiência no ataque para explicar derrota
ESPORTES
00 de de 0000

Durante o jogo, o Palmeiras teve um gol legal de Barrios anulado e ainda pediu pênalti em chute do paraguaio que desviou no braço de Gimenez dentro da área. Mas os atletas preferiram culpar a si mesmo na derrota por 1 a 0 para o Goiás, nessa quarta-feira, na saída do campo do Serra Dourada.

“Mais uma vez, quando não fazemos, levamos. Futebol é assim. Fomos bem melhores e pecamos na finalização”, lamentou Robinho, que, como seus colegas, não falaram sobre arbitragem nas entrevistas antes de entrarem nos vestiários.

A lamentação é mais pelo avanço de Bruno Henrique, que driblou João Pedro duas vezes, deixando o lateral direito no chão, antes de bater com estilo, por cima de Fernando Prass, para fazer o único gol do jogo. A oportunidade aproveitada do Goiás foi considerada rara, embora o próprio João Pedro tenha salvado um gol em cima da linha e o goleiro do Verdão tenha feito boas defesas em finalizações de Zé Love.

“Viemos determinados para ganhar e nos impusemos. Infelizmente, a equipe deles soube aproveitar a oportunidade que teve. Tentamos, criamos oportunidades, mas não conseguimos”, falou Gabriel Jesus, um dos jogadores mais acionados do time nessa noite.

 

“Criamos bastante, tivemos inúmeras oportunidades para fazer o gol. O Renan estava em uma noite feliz também. O Goiás teve felicidade em um lance e fez o gol”, analisou o lateral esquerdo João Paulo, que entrou no lugar de Egídio, mais uma vez atuando mal, no intervalo.

LEIA TAMBÉM
CONTATO COMERCIAL
(46) 3242-1495
(46) 9913-0930
valdecirmendes30@hotmail.com
REDES SOCIAIS
PB Agência Web