Rappi é a prova de que dá para comprar praticamente tudo sem sair de casa. Mas só em um contexto atípico como o atual para vir à tona a ideia de pedir um drinque por meio de um aplicativo. É a aposta da unidade paulistana do Astor, na Vila Madalena, para equilibrar as contas em tempos de reclusão (a filial em Ipanema, no Rio de Janeiro, não aderiu).

bar criou uma carta com cinco coquetéis clássicos que são enviados em garrafinhas de plástico — os acompanhamentos, como a laranja e a cereja amarena espetada no palito, ganham uma embalagem própria. Os coquetéis são o old fashioned, o negroni, o dry martini, o boulevardier e o manhattan, que custam R$ 29 (a unidade) ou R$ 69 (a dose tripla).

 
Petisco do bar Astor, em São Paulo
 
 Petisco do bar Astor, em São Paulo

Petisco do bar Astor, em São Paulo (Astor/Divulgação)

Para acompanhar, há petiscos como croquete de carne com recheio de queijo (R$ 37, oito unidades) e opções mais substanciosas, a exemplo do picadinho com pastéis de queijo, ovo frito, banana à milanesa, arroz e farofa (R$ 62). É preciso recorrer ao Rappi ou ligar para (11) 2883-5063.

Delivery do Astor
 
 Delivery do Astor

Delivery do Astor (Astor/Divulgação)

Instalado em um imóvel acanhado em Pinheiros, o bar Sede 261, das sommelières Cassia Campos e Daniela Bravin, também não tem deixado a clientela desprovida. Desde que suspendeu a operação presencial, a dupla tem levado até a casa dos interessados uma caixa com três vinhos e as fichas técnicas de cada um.

A seleção mais recente custava R$ 390 e incluía o rosé francês Domaine des Maravilhas Pradau e dois tintos, o português Gadiva Reserva e o espanhol Y tú, de quien eres?. As encomendas devem ser feitas por telefone: (11) 94507-3118.

Vinhos do Sede 261 Vinhos do Sede 261

Vinhos do Sede 261 (Sede 261/Divulgação)

Já a Cervejaria Nacional, no mesmo bairro, reforçou o estoque de growlers, aqueles garrafões de 500 mililitros ou de 1 litro, para levar seus chopes até a porta dos clientes. Todas as cervejas são produzidas na casa, da pilsen à stout, e custam atualmente a partir de R$ 22 (cada litro).

Os pedidos precisam ser feitos por meio do Rappi e do Ifood nos seguintes horários: das 17h às 23h, de segunda a quinta, e, aos sábados, a partir do meio dia. Boa happy hour.

Combo da Cervejaria Nacional