Apple é a marca mais utilizada por bandidos em tentativas de phishing durante a quarentena do coronavírus, de acordo com um relatório da Check Point Research divulgado na última terça-feira (14). A empresa fornecedora de soluções de segurança cibernética identificou as marcas que mais foram imitadas pelos criminosos em crimes de roubo de informações pessoais, e de credenciais bancárias no primeiro trimestre de 2020 em todo o mundo. NetflixYahoo! e WhatsApp também aparecem no ranking.

Os golpes que envolveram a Apple e outras marcas famosas consistiam em imitar o site oficial das empresas, usando seu nome, layout idêntico das páginas oficiais e URLs semelhantes para confundir as vítimas. Na maioria dos casos, as páginas falsas continham formulários que solicitavam dados pessoais e de pagamento online, destinados a roubar as informações preenchidas pelos usuários. Os links de acesso eram enviados por e-mail, SMS, durante a navegação pela Internet ou utilização de aplicativos de celular fraudulentos.

A pesquisa utilizou o banco de dados da ThreatCloud, rede colaborativa de combate ao crime cibernético que analisou mais de 250 milhões de endereços online. O serviço já identificou mais de 11 milhões de assinaturas de malwares e mais de 5,5 milhões de sites infectados em todo o mundo. Veja, a seguir, o ranking completo de marcas usadas por bandidos em tentativas de phishing durante a quarentena:

  1. Apple
  2. Netflix
  3. Yahoo
  4. WhatsApp
  5. PayPal
  6. Chase Bank
  7. Facebook
  8. Microsoft
  9. eBay
  10. Amazon

 

Fonte: TechTudo