WHATSAPP 46 8413-4946
No banco dos réus Giovane Baldissera e Darci Lopes de Aquino confessam participação na morte do procurador de Chopinzinho
04 de Dezembro de 2017

No final da tarde desta segunda feira, dia 04, começaram a ser ouvidos no Fórum da Comarca de Guarapuava, os quatro acusados da morte do procurador de Chopinzinho, Dr. Algacir Teixeira de Lima. O júri começou às 09 horas da manhã com o depoimento de testemunhas.

O primeiro réu a ser ouvido, foi Darci Lopes de Aquino, o qual confessou que foi ele o autor dos disparos que tiraram a vida do procurador. Ele disse que recebeu 2.500,00 de entrada e receberia o restante após o crime. Darci também disse em seu depoimento que a história da venda de madeiras para o Algacir, é falsa e que teria sido inventada, porém, ele não confirmou que os mandantes seriam o ex-prefeito Leomar Bolzani e Giovane Baldissera. O depoimento de Darci de Aquino terminou às 17h50min.

Logo em seguida foi à vez de Giovane Baldissera, o Pardal, o qual em seu depoimento acabou confessando participação no crime. Pardal disse que o então prefeito queria acabar com o Algacir. Segundo Giovane Baldissera, com a ideia de Leomar, os dois se deslocaram até o centro que Elvi Aparecida Haag mantinha em Saudade do Iguaçu, onde teriam encomendado a morte do procurador de Chopinzinho. É o que disse Pardal durante seu depoimento.

De acordo com a juíza, Dra Helênika Valente de Souza Pinto, todos os réus serão ouvidos no dia de hoje. Para amanhã, terça feira, está previsto as falas do Ministério Público, da Assistente de Acusação, dos advogados de defesa dos réus, além das réplicas e tréplicas e depois a decisão dos jurados. A previsão é que o julgamento termine no final da tarde desta terça feira, ou na quarta feira pela manhã.



Últimas Notícias
Siga nas redes sociais
(46) 3242-1495           radio@radiochopinzinho.com.br
Rua Frei Everaldo, 3835 - Centro - 85560-000 - Chopinzinho - Paraná