WHATSAPP 46 8413-4946
Polícia conclui que homem teve ajuda de dois rapazes para matar a ex-mulher em Pato Branco
10 de Agosto de 2017

A Polícia Civil de Pato Branco confirmou nesta semana que Dheomar da Rosa, teve a ajuda de dois rapazes para ter acesso ao apartamento da ex-mulher, Cláudia Mara dos Santos, que foi baleada por ele com dois tiros de revólver calibre 32 na cabeça na última sexta feira. Ela chegou a ser socorrida, mas morreu horas após dar entrada no hospital. Depois de cometer o crime, Dheomar atirou contra a sua cabeça e teve a morte cerebral confirmada na última segunda feira à noite, em hospital de Pato Branco. A família autorizou a doação de órgãos, que foram retirados na última terça feira. Em seguida, o corpo de Dheomar foi encaminhado para necropsia no IML de Pato Branco.

O delegado-chefe da 5ª SDP, Getúlio de Moraes Vargas, informou que dois rapazes, um de 25 anos e outro de 26, ajudaram Dheomar entrar no apartamento de Cláudia. Eles tinham a senha do prédio e subiram pelas escadas até o sétimo andar na quinta feira, por volta das 11 horas, para aguardar a professora chegar do trabalho. Ao sair do elevador, Cláudia Mara foi rendida pelos dois rapazes, um deles armado com um revólver calibre 32, que teria sido cedido por Dheomar, sendo obrigada a abrir a porta do apartamento, onde eles ficaram aguardando a chegada do ex-marido, que teria prometido pagar de 2 a 5 mil reais para cada um dos rapazes, alegando que a professora teria cerca de 30 mil reais guardados no banco.

De acordo com o delegado, cerca de duas horas após a mulher ter sido rendida, Dheomar entrou no apartamento e os dois rapazes saíram. Com isso, Cláudia Mara teria sido mantida no apartamento por Dheomar desde a tarde de quinta feira, sendo que a professora não foi trabalhar na manhã de sexta feira e no final da tarde foi baleada, quando chegou a ser socorrida, mas morreu horas após dar entrada no hospital.

Getúlio informou que os dois rapazes foram ouvidos e liberados, porque tiveram a prisão preventiva indeferida pela justiça. No entanto, eles serão indiciados e poderão responder por cárcere privado, tentativa de roubo ou até pela participação no homicídio.

(Fonte: Diário do Sudoeste)



Últimas Notícias
Siga nas redes sociais
(46) 3242-1495           radio@radiochopinzinho.com.br
Rua Frei Everaldo, 3835 - Centro - 85560-000 - Chopinzinho - Paraná
Banner