OUÇA A RÁDIO AO VIVO
AM 780 Khz
Participe da nossa
programação
INICIO A RÁDIO PROGRAMAÇÃO NOTÍCIAS CONTATO COMERCIAL
WHATSAPP 46 8413-4946
Público lotou a câmara de vereadores para a audiência pública da Upa Couros
27 de Abril de 2017
 
 

O público lotou as dependências da câmara de vereadores de Chopinzinho na noite da última terça feira, dia 25, na Audiência Pública que tratou da propagação do mau cheiro causado pela empresa Upa Couros.

A reunião coordenada pela Comissão de Agropecuária, Emprego e Renda e Meio Ambiente da câmara, contou com a participação do prefeito municipal Álvaro Scolaro, vice-prefeito Vanderlei Verdi, Engenheiro Químico do IAP- Instituto Ambiental do Paraná-escritório de Pato Branco Willan Machado, Secretário de Agricultura Everton Salomão, Procurador Municipal Thiago Voracoski dos Santos, vice-presidente da ACEC-Associação Comercial e Empresarial de Chopinzinho Matheus Comelli, além dos vereadores e a comunidade em geral.

Os trabalhos iniciaram com a palavra do presidente do legislativo, vereador Leônides Moser, o qual agradeceu a presença de todos e parabenizou a comissão responsável pela Audiência Pública, a qual é formada pelos vereadores Jacir Salmória, José Ângelo Foppa e Claudemir Malage e aos demais vereadores que trouxeram para debater nesta ocasião com a comunidade, um assunto que tem sido motivo de polêmica em nosso município, com o objetivo de buscar respostas e soluções. “Tenho orgulho em dizer que fiz parte do processo de implantação da empresa Upa Couros no município ainda no ano de 2004, onde na época a empresa começou com 15 funcionários e hoje são 120 empregos diretos, o que representa o sustento de pelo menos 400 pessoas. Estamos buscando junto com a administração municipal, uma solução para que de maneira pacífica se resolva o problema e todos saiam ganhando. Estamos num país que hoje possui 13 milhões de desempregados, e tenho certeza que Chopinzinho não vai engrossar ainda mais essa lista. Por isso, acredito que através dessa audiência pública vamos ouvir os técnicos da empresa e resolver o problema do mau cheiro que vem gerando tantas reclamações da comunidade chopinzinhense”, disse Moser.

O prefeito Álvaro Scolaro destacou que iniciativas como essa audiência pública, são importantes para dar oportunidade à empresa Upa Couros se manifestar a respeito da situação em que até agora, apenas a sociedade e algumas lideranças se pronunciaram a respeito do problema. “Parabenizo a iniciativa da câmara de vereadores que atendendo o clamor da população está realizando esta audiência pública. Tive a oportunidade de conhecer recentemente as instalações da empresa e como funciona o processo industrial. Temos aqui em Chopinzinho, uma empresa que faz a reciclagem do material que é descarte de outras indústrias. Se não tivéssemos empresas como a Upa Couros, com certeza esse lixo seria lançado ao solo causando a contaminação de nosso lençol freático e prejudicando a qualidade da nossa água e o meio ambiente. Além da preocupação com o meio ambiente, nós também estamos preocupados com a geração de empregos, e claro, sempre cobrando que as normas ambientais sejam rigorosamente respeitadas. Espero que possamos sair dessa reunião com todas as dúvidas sanadas e com soluções para que a empresa continue crescendo e se desenvolvendo em nosso município”, destacou Álvaro.

Ao fazer uso da palavra, o gerente geral da empresa, Leonardo Kullmann, disse que neste ato estava representando o proprietário da empresa, Renato Argenta, o qual em função de problemas de saúde não pôde se fazer presente. Leonardo fez um breve relato do histórico lembrando que a empresa foi implantada ainda no ano de 2004 no município com um investimento da ordem de 25 milhões de reais. “Hoje a Upa Couros gera 120 empregos diretos com um faturamento de mais de cinco milhões de reais por mês, o que gera um retorno para o município de aproximadamente 200 mil reais em impostos, sendo a terceira empresa que mais gera tributos para o município. A empresa Upa Couros está rigorosamente em dia com as licenças ambientais de todos os órgãos fiscalizadores, tanto federal, estadual e municipal. Somos fiscalizados por estes órgãos a cada 15 dias para garantir que o processo está seguindo o que determina a legislação. Fizemos nos últimos tempos uma série de investimentos nas mais diversas áreas da empresa, mas falando especificamente sobre a questão dos odores, estamos pesquisando novas técnicas e instalando novos equipamentos para minimizar o problema. Nos últimos meses conseguimos diminuir consideravelmente o problema do odor e temos certeza que com os novos investimentos que já estão previstos, o problema será resolvido”, disse Leonardo.

O Engenheiro Químico da empresa, Ubiratan Hack, fez uso da palavra para fazer uma explanação técnica aos presentes de como funciona todo o processo de transformação da empresa Upa Couros e os produtos utilizados nesse processo. Ele lembrou que a empresa está preocupada e empenhada para solucionar o problema com a equipe técnica. “Essa explanação que fiz aos presentes, teve dois propósitos. O de mostrar a comunidade que a empresa não está inerte, ela está muito preocupada com o que está acontecendo, e mostrar também à comunidade o quanto de investimento a empresa fez e continua fazendo para minimizar esse problema. O outro objetivo é dar uma satisfação à comunidade e dizer que a empresa está aberta a todo tipo de crítica. Problemas acontecem, mas a Upa Couros está muito preocupada em apontar soluções para que não gere mais esse tipo de embate e se solucione o problema a curto prazo”, disse Hack.

Sobre o mau cheiro, o engenheiro químico disse que a origem já foi identificada “A atividade curtidora tem em seu processo uma operação que demanda formação de odores. Nós já identificados e estamos resolvendo. Tem uma outra situação que é o manejo dos resíduos, onde as vezes a falta de energia elétrica ou disposição inadequada pode causar mau cheiro. O curtume só tem a propensão de formar odores quando o manejo não é adequado. Como já está identificado a origem do mau cheiro, estaremos nos próximos dias atacando da maneira correta através dos investimentos necessários. A situação do mau cheiro diminuiu muito nos últimos meses, como ouvimos relatos durante a audiência, mas tem mais o que se fazer, e será feito, seja pelo ataque no processo ou pelo ataque no próprio sistema. Uma empresa que fez um investimento dessa magnitude, não está disposta a se incomodar, ela quer resolver o problema, o que está muito próximo de acontecer”, destacou o engenheiro.

Após as explanações dos representantes da empresa, os vereadores e demais participantes da audiência pública, tiveram a oportunidade de fazer questionamentos para esclarecer dúvidas sobre o trabalho da Upa Couros. Ao final, foi feito um registro da reunião, onde o presidente da comissão de Agropecuária, Emprego e Renda e Meio Ambiente, vereador Jacir Salmória, agradeceu a todos pela presença e destacou que iniciativas como esta da câmara de vereadores, são importantes para defender os interesses da população.

 
     
     
     
     
     
 
 
Política
Veja mais »
Candoianos podem pedir isenção do IPTU
   
   
Projeto de autoria do vereador Rogério dos Santos declara de utilidade pública a Associação Chopinzinhense de Esporte e Lazer
   
   
Everton Salomão se desliga da Secretaria de Agricultura
   
   
Nesta sexta feira será o último dia para recadastramento biométrico em Chopinzinho
   
   
Prefeito e deputados inauguram calçamento rural em Candói
   
   
Marcos Monteiro deixa a chefia da Ciretran e reassume vaga na Câmara de Vereadores
   
 
 
     
 
 
         
 
(46) 3242-1495
radio@radiochopinzinho.com.br
 
Rua Frei Everaldo, 3835 - Centro
85560-000 - Chopinzinho - Paraná
 
Menu Principal >
Inicio
A Rádio
Programação
Notícias
Contato Comercial
Notícias >
Agricultura
Cultura
Educação
Esportes
Policial
Política
Saúde
Siga-nos no Facebook >
 
Aplicativos >
Android
         

PB Agência Web