OUÇA A RÁDIO AO VIVO
AM 780 Khz
Participe da nossa
programação
INICIO A RÁDIO PROGRAMAÇÃO NOTÍCIAS CONTATO COMERCIAL
WHATSAPP 46 8413-4946
Prefeito Álvaro Scolaro encaminha veto ao projeto 07/2017 para análise da câmara de vereadores
07 de Fevereiro de 2017
 
 

O prefeito municipal Álvaro Scolaro encaminhou na tarde desta segunda feira, dia 06, para a câmara de vereadores de Chopinzinho, o veto ao projeto de lei 07/2017, o qual revogava a lei 3.526/2016, que reduziu os subsídios dos vereadores em 50%.

Ao falar sobre o assunto, Álvaro disse que recebeu o projeto da câmara de vereadores no dia 27 de janeiro, e de imediato solicitou um parecer da procuradoria municipal, a qual orientou pelo veto, tendo em vista que os argumentos apresentados e a forma com que o projeto estava sendo defendido, não era competência do poder executivo sanar uma eventual inconstitucionalidade do projeto de lei que criou a lei 3.526/2016. Diante disso, com base na fundamentação técnica e jurídica o prefeito decidiu pelo veto ao projeto.

O prefeito disse que também recebeu um ofício do Ministério Público orientando sobre o assunto. “No dia 31 de janeiro, recebi um ofício do Ministério Público acompanhado de uma recomendação administrativa, onde o órgão se manifesta orientando para que o projeto de lei seja vetado, pois do contrário, tanto vereadores quanto o prefeito, poderão responder pelo crime de improbidade administrativa. Na mesma ocasião, recebi um ofício da câmara municipal, onde os vereadores se reuniram e de forma unânime decidiram apoiar o veto ao projeto de lei. No mesmo dia algumas entidades organizadas também se pronunciaram sobre o assunto, encaminhando ao executivo municipal, um requerimento manifestando seu posicionamento em favor do veto ao projeto de lei. Ainda nós levamos em conta o artigo 37 da Constituição Federal que trata dos princípios da administração pública, que é o princípio da legalidade, da impessoalidade, da moralidade, da publicidade e da eficiência, onde entendemos que o projeto fere alguns destes itens. Diante disso, com base na fundamentação jurídica, bem como na recomendação do Ministério Público, decidimos pelo veto, e caso os vereadores entendam que há inconstitucionalidade naquele projeto de lei aprovado em 2016, o assunto deve ser discutido no Tribunal de Justiça, através de uma Ação Direta de Inconstitucionalidade-ADIN, que é a maneira correta de corrigir, caso tenha algum equívoco na lei”, destacou o prefeito.

O veto foi analisado e mantido pela câmara de vereadores em sessão extraordinária realizada no final da tarde desta segunda feira, dia 06, de acordo com o que já havia sido decidido anteriormente pelo executivo e legislativo.

 
 
 
Política
Veja mais »
Prefeito Mauro garante 1,3 milhão para Saudade do Iguaçu
   
   
Osmar Serraglio é escolhido por Temer para assumir Ministério da Justiça
   
   
Deputado João Arruda anuncia liberação da documentação para exploração de pedras ametistas em Chopinzinho
   
   
Vereador Marcos Monteiro pede licença da câmara de vereadores
   
   
Vice-Prefeito Vanderlei Verdi vai atuar junto ao Urbanismo
   
   
Álvaro e Guto anunciam 300 mil reais para Chopinzinho
   
 
 
     
 
 
         
 
(46) 3242-1495
radio@radiochopinzinho.com.br
 
Rua Frei Everaldo, 3835 - Centro
85560-000 - Chopinzinho - Paraná
 
Menu Principal >
Inicio
A Rádio
Programação
Notícias
Contato Comercial
Notícias >
Agricultura
Cultura
Educação
Esportes
Policial
Política
Saúde
Siga-nos no Facebook >
 
Aplicativos >
Android
         

PB Agência Web