WHATSAPP 46 8413-4946
Confirmado caso de dengue em Chopinzinho
11 de Janeiro de 2017

  O primeiro caso de dengue de 2017 apareceu em Chopinzinho. Na manhã desta terça-feira,  dia 11 de janeiro, a Unidade Central de Saúde convocou a imprensa para dar a notícia. De acordo com informações, a pessoa é residente no Loteamento Jardins, mesmo assim, todas as regiões do município devem estar em alerta, com os cuidados a serem tomados. “Nós estamos fazendo o bloqueio da área em todo o Loteamento Jardins. A equipe está fazendo o levantamento de índice predial. Iremos realizar a análise das amostras coletadas. Dando positivo, faremos o UBV, que é a dedetização com inseticida de toda a área”, frisou a enfermeira Lídia Posso Simionatto.

            A enfermeira Lídia pede o apoio dos moradores para que o trabalho a ser desenvolvido pela equipe obtenha o êxito almejado. “Pedimos para que toda a comunidade abra as portas de suas casas, as janelas, mantenham a residência aberta e arejada, para que o nosso trabalho surta efeito. Principalmente durante o fluxo do veneno para que ele realmente consiga entrar nas casas”, alertou.

              Com o verão, temperaturas mais altas e o clima chuvoso, há o acúmulo de água e o desenvolvimento do mosquito Aedes aegypti, transmissor de doenças como a dengue, a zika e a chikungunya. Por esta razão, as pessoas devem redobrar os cuidados para evitar o avanço dessas doenças. Antes de deixar seu imóvel, para viagens de férias ou descanso, por exemplo, a Secretaria de Saúde do Paraná, SESA, recomenda o morador a verificar se não está abandonando recipientes que possam acumular água e servir como criadouro para as larvas do mosquito. É recomendado prestar atenção em espaços que nem sempre são lembrados, como bromélias, ocos de árvores, ralos e coletores de água da geladeira/ar condicionado.

            Esta semana, o secretário de saúde de Chopinzinho, Fabiano Poppia, destacou o grau de alerta para o município. “O nosso índice de infestação predial é alto. Para se ter uma ideia, 1% é considerado o ideal, ou seja, tolerável. Chopinzinho está com 2%, quer dizer que estamos com o dobro do permitido para ser infestado. Toda a sociedade deve estar engajada na campanha. Somente juntos vamos poder combater a dengue”, disse.

            A doença não está presente na cidade, mas sempre é bom manter o controle. “Hoje nós não temos nenhum caso suspeito de dengue no município aguardando, mas basta uma pessoa contaminada passar por Chopinzinho que estará iniciando um novo ciclo, e é isso que nós não queremos”, alertou o secretário de saúde chopinzinhense. As pessoas devem acompanhar e vistoriar suas casas e lotes: vasos, baldes, piscinas, vasos sanitários, tanques, garrafas e qualquer objeto que possa acumular água.

Dengue

        Transmitida pelo mosquito Aedes aegypti, a dengue é uma doença viral que se espalha rapidamente no mundo. Nos últimos 50 anos, a incidência aumentou 30 vezes, com ampliação da expansão geográfica para novos países e, na presente década, para pequenas cidades e áreas rurais. É estimado que 50 milhões de infecções por dengue ocorram anualmente e que aproximadamente 2,5 bilhões de pessoas morem em países onde a dengue é endêmica.

       Na região das Américas, a doença tem se disseminado com surtos cíclicos ocorrendo a cada 3/5 anos. No Brasil, a transmissão vem ocorrendo de forma continuada desde 1986, intercalando-se com a ocorrência de epidemias, geralmente associadas com a introdução de novos sorotipos em áreas anteriormente indenes ou alteração do sorotipo predominante. O maior surto no Brasil ocorreu em 2013, com aproximadamente 2 milhões de casos notificados. Atualmente, circulam no país os quatro sorotipos da doença.

 

Fontes: SESA (Secretaria de Estado da Saúde do Paraná) e Ministério da Saúde.



Últimas Notícias
Siga nas redes sociais
(46) 3242-1495           radio@radiochopinzinho.com.br
Rua Frei Everaldo, 3835 - Centro - 85560-000 - Chopinzinho - Paraná