Você sabia que para produzir apenas 250 ml de azeite são necessárias entre mil e duas mil azeitonas? Sim, leitor: haja azeitona para produzir a quantidade de azeite que é consumida no mundo inteiro! De acordo com dados do Instituto Brasileiro de Olivicultura, até o fim de 2019 devem ser produzidos cerca de 240 mil litros de azeite no Brasil, sendo o Rio Grande do Sul responsável pela produção de 180 mil litros. Você tem alguma ideia de como é feito o azeite? Estamos aqui para acabar com a sua curiosidade: veja a seguir o passo a passo da produção do azeite:

como é feito o azeite
 

Azeitonas passando por processo de lavagem no processo de produção de azeite

Como é feito o azeite de oliva

1) As azeitonas são colhidas e passam por um processo de limpeza, em que são retiradas folhas, pedras e outros resíduos.

2) Depois dessa limpeza inicial, as azeitonas são lavadas e pesadas. Nessa etapa, também são separadas as azeitonas que foram colhidas da árvore e que foram retiradas do chão.

3) As azeitonas, então, passam por moinhos de martelos mecânicos e são transformadas em uma massa.

4) Essa massa é submetida a batimentos lentos e contínuos, com um pequeno aquecimento: a temperatura não pode ultrapassar os 30 graus.

5) A extração do azeite pode ser feita através da decantação ou por centrifugação da massa, que consiste em um movimento de rotação em alta velocidade, que provoca a separação do azeite da água e do bagaço.

6) Depois disso, pode acontecer a filtragem para retirar as partículas que podem ter restado.

7) Por fim, o azeite é armazenado em recipientes a uma temperatura entre 15 e 16 graus.

Dica: para ficar melhor conservado, o azeite deve ser guardado em recipientes de vidro, preferencialmente escuros. Em casa, ele deve ficar em local fresco e sem luz direta. 

Fonte: Tudo Gostoso